TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!

Infraestrutura

Laboratórios

Laboratórios

A área física dos laboratórios e seus principais equipamentos são listados abaixo, sendo agrupados por área de concentração do Programa de Pós-graduação. Alguns dos laboratórios considerados têm uso misto, estando envolvido nos ensinos de graduação e de pós-graduação.

Vários laboratórios foram montados com verbas de projetos de pesquisa provenientes de diversas fontes de financiamento. Muitos desses projetos foram aprovados entre 2000 e 2008, no âmbito dos fundos setoriais, em particular o CTPETRO. Atualmente, os laboratórios são mantidos com verbas públicas e privadas, obtidas por meio de projetos de pesquisa e serviços prestados.

Processos Biotecnológicos Laboratório de Processos Biotecnológicos
Área de Concentração: Processos Biotecnológicos

Área física dos laboratórios: cerca de 1100 m².

Vários laboratórios nos últimos três anos (Tecnologia Enzimática, Meio Ambiente, Microbiologia do Petróleo, Desenvolvimento de Bioprocessos e Tecnologia de Alimentos) tiveram suas instalações físicas modernizadas, tornando o ambiente laboratorial mais compatível com o nível das pesquisas que ali são realizadas, adequando-os para instalação de novos equipamentos. Houve uma recém-implantação de um espaço destinado à área de microbiologia de alimentos e proteoma celular. Detalhamos, a seguir, os laboratórios da área de Biotecnologia:

Cód.LaboratórioCoordenador(a)
Lab E101:Unidade de Biorreatores IProfª Francisca
Lab E102/E103:Engenharia de Sistemas BiológicosProfª Maria Alice
Lab E104:Microbiologia de AlimentosProfª Karen Signori
Lab E105:Tecnologia de AlimentosProfª Maria Cristina
Lab E106:BioanáliseProfª Selma
Lab E107:Microbiologia IndustrialProfª Eliana Flávia
Lab E109/111:Microbiologia de PetróleoProfª Francisca
Lab E113:Microbiologia AmbientalProfª Selma
Lab E115/117:Tecnologia AmbientalProfas. Magali e Denize
Lab E119:Unidade de Biorreatores IIProfª Maria Antonieta
Lab E121:Desenvolvimento de Bioprocessos IProf. Nei
Lab E123/E125:Central AnalíticaProf. Nei
Lab E127:Desenvolvimento de Bioprocessos IIProf. Nei

Principais Equipamentos Instalados:

  • Câmera fria, Geladeiras, Freezers, Câmera quente, Manta Aquecedora, Estufas, Placas de aquecimento, Fornos de microondas,
  • Microscópios, Microscópio com câmera digital / análises morfométricas,
  • Potenciômetros, Potenciômetro controlador de processo,
  • Bombas a vácuo, Bombas peristálticas,
  • Balanças analíticas,
  • Agitadores,
  • Espectrofotômetros com varredura U.V,
  • Centrífugas, Centrífuga refrigerada,
  • Autoclaves,
  • Destiladores, Destilador de álcool, Destilador/Deionizador, Microdestilador de Etanol,
  • FPLC com integrador,
  • Eletroforese capilar, Sistema Eletroforese,
  • Biorreatores com diferentes capacidades nominais (0,5L a 100L),
  • Estereoscópio com dispositivo para câmara fotográfica,
  • Contador de colônias,
  • Kjeldahl,
  • Sensores de pH, temperatura e oxigênio dissolvido e redox,
  • Deionizador,
  • Agitador para medida de potência efetiva aplicada a suspensões microbianas,
  • Eletrodo de ion seletivo,
  • Digestor HACH,
  • Espectro HACH,
  • Medidores de oxigênio dissolvido,
  • Compressor de ar,
  • Banho-maria com ultrassom,
  • HPLCs, HPLC com detectores índice de refração e UV,
  • Cromatógrafo a gás com detector de ionização de chama acoplado a integrador,
  • Rota-vapor,
  • Concentradores de Proteínas,
  • Moinho TECNAL TE-680,
  • Analisador Carbono Total UIC CM5130,
  • Evaporador Rotativo,
  • Incubadores (Refrigerado/Aquecido),
  • Tensiômetro, Respirômetro, Viscosímetro,
  • LC MS Waters 2695 Quattro Micro API.

LADEBIO - Laboratórios de Desenvolvimento de Bioprocessos
Coordenador: Prof. Nei Pereira Jr.
Site: www.ladebio.org.br
Os Laboratórios de Desenvolvimento de Bioprocessos (LADEBIO) integram o NBPD. Os temas de pesquisa desenvolvidos no LADEBIO advogam uma mudança de paradigma das atividades econômicas, em particular dos processos de produção industrial, integrando os princípios e estratégias de qualidade total com os requisitos de qualidade ambiental. Os projetos de pesquisa desenvolvidos no LADEBIO envolvem, em sua grande maioria, trabalhos de natureza teórico-experimental, com aplicação prática. São temas de estudo: O desenvolvimento de processos visando à produção de biocombustíveis, enzimas, polióis, solventes, bioinseticidas, biossurfactantes, ácidos orgânicos, aromas e fragrâncias, bem como o desenvolvimento de processos biológicos para o tratamento de resíduos e efluentes industriais. Como ferramentas para o desenvolvimento de bioprocessos, as seguintes estratégias são comumente adotadas:

  • seleção e melhoramento de linhagens (naturalmente ocorrentes ou recombinantes), construção de biocatalisadores ótimos;
  • tecnologias para o pré-tratamento de biomassa lignocelulósica e algal;
  • processos de hidrólise enzimática de polissacarídeos;
  • otimização de meios;
  • modos de operação e cinética de bioprocessos;
  • imobilização de células e enzimas;
  • processos de produção de biomoléculas inseridos no contexto de biorrefinaria;
  • avaliação do desempenho de biorreatores convencionais e não-convencionais.

Devido à característica tecnológica das pesquisas do LADEBIO, em todos os trabalhos estabelecem-se compromissos com o desenvolvimento de bioprocessos que possam ser transformados em realidade industrial. Alem disso, estudos envolvendo a gestão tecnológica são realizados a fim de se ter uma visão mais ampla e identificar tendências e desafios dos diferentes segmentos ligados a Biotecnologia.

O LADEBIO é composto de várias unidades laboratoriais (Laboratório de Processamento e Caracterização de Biomassa, Laboratório de Microbiologia Tecnológica, Laboratório de Fermentação, Laboratório de Engenharia de Enzimas e Central Analítica). A infraestrutura laboratorial é dotada de modernos equipamentos que suportam as atividades de pesquisa desenvolvidas. Vários fermentadores instrumentados, sistemas de membranas hollow fibers, centrífugas refrigeradas, estufas com circulação de ar, estufas bacteriológicas, microscópios de varredura e modernos equipamentos para medições analíticas (HPLC, CG, HPLC/MS-MS, CG/MS, FPLC espectofotômetros, tensiômetros e COT etc).

Devido à natureza multidisciplinar da área Biotecnológica, um grande número de trabalhos é desenvolvido em parceria com outros grupos de pesquisa da própria UFRJ e de outras Instituições de Ensino e Pesquisa externas, bem como com empresas. O conjunto de nossas atividades tem gerado resultados que hoje alimentam consórcios de pesquisa entre nossos laboratórios e Universidades e Centros de pesquisa nacionais e internacionais, tendo sido os Laboratórios de Bioprocessos da EQ/UFRJ credenciados pelo Programa Ibero-Americano de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento (IBEROEKACYTED/Espanha). Tem propiciado, também interações entre a Universidade e a Indústria, como é o caso de projetos que vem desenvolvidos em parcerias com a PETROBRAS, FIBRIA (antiga ARACRUZ CELULOSE), BIONASA, OXITENO e BRASKEM. Estas parcerias têm se constituído em um excelente exercício, não só para a busca de soluções para as empresas, mas também para a geração de conhecimento e formação de recursos humanos altamente capacitados para o desenvolvimento tecnológico em nosso país.

Projeto (Engenharia) de Processos Laboratórios de Projeto (Engenharia) de Processos
Área de Concentração: Projeto (Engenharia) de Processos

Área física dos laboratórios: cerca de 1900 m².

  1. Instalações LADEQ (instalações completamente recuperadas): Sala 07 - Laboratório de Computação Max Feffer - Alunos de Pós-graduação do DEQ
    Sub-solo
    S1Laboratório de BioenergiaProf. Donato Aranda
    S2Laboratório de ExtraçãoProfª Sílvia
    S3Laboratório para Pesquisa em PetróleoProf. Medronho
    S4Laboratório de Desaslfatação de PetróleoProf. Pellegrini
    S5Oficina de Manutenção e Marcenaria
    Térreo - 1º Pavimento
    Lab 01Laboratório de Simulação de BioprocessosProf. Maurício
    Lab 02Laboratório de Operação Unitárias em AlimentosProfª Suely
    Lab 03Laboratório de Integração de ProcessosProf. Pellegrini
    Lab 04Laboratório de Separação e Purificação de BiomoléculasProf. Pellegrini
    Lab 05Laboratório de Instrumentação e ControleProfª Rossana
    Lab 06Laboratório de Controle e AutomaçãoProfª Belkis
    Mezanino
    Sala 01Laboratório de Modelagem, Simulação e ControleProf. Maurício
    Sala 02Laboratório de FluidodinâmicaProf. Medronho
    Sala 03Laboratório de Controle/CENPESProfª Rossana
    Sala 04Laboratório de Controle/CENPESProfª Belkis
    Sala 05Sala para alunos ANP-PRHProf. Mach
    Sala 06Sala de Aula
    2º Pavimento
    Lab 01Laboratório de Cultivo de Células AnimaisProf. Medronho
    Lab 02Laboratório de Produção e Purificação de BiofármacosProf. Medronho
    Lab 03Laboratório de Cinética e CatáliseProfª Mônica
    Lab 04Laboratório de Estabilidade de Combustível/CENPESProfª Mônica
    Lab 05Laboratório de Química Verde e BioenergiaProf. Donato
    Lab 06Laboratório de BiossensoresProfª Belkis
    Lab 07Laboratório de Ensaios de CompósitosProfª Verônica
    Lab 08Laboratório de Sistemas ParticuladosProf. Peçanha
    Principais Equipamentos Instalados:
    • Analisador de Sistemas Particulados, Peneiradora Automática, Bombas Peristálticas e Centrífugas.
    • Espectofotômetros, Balanças Analíticas, Refratômetro, Válvulas de Injeção.
    • Cromatógrafos a Gás.
    • Medidores e Transmissores de pH, Temperatura, Densidade, Nível, Válvula de Controle, Reator Piloto, Painel de Controle.
    • Coluna de Destilação, Ebulidor.
    • Controladores Digitais, Controladores Lógicos, Controladores Multimalhas.
    • Instrumentos de Medição, Transmissores, Controladores, Inst. Fieldbus, Trocadores de Calor, Sopradores.
    • Caldeira, Compressor, Torre de Resfriamento, Bombas Centrífugas, Tanques de Água e Óleo.
  2. H2CIN - Laboratório de Hidrorrefino, Engenharia de Processos e Termodinâmica Aplicada.
    Coordenadores: Prof. José Luiz de Medeiros e Profª Ofélia Araújo.
    Site: www.h2cin.org.br

    Estes dois laboratórios (1100 m²) foram construídos com recursos do Fundo Setorial de Petróleo, mediante a aprovação de 4 projetos da chamada CTPetro (01 em 1999; 01 em 2000 e 02 em 2002). Vários trabalhos desenvolvidos sob a orientação dos professores responsáveis por esses laboratórios têm sido premiados, conforme detalhado na página Prêmios.

    Principais Equipamentos instalados:
    • Cromatógrafo a gás,
    • Cromatógrafo para Curva de Destilação Simulada,
    • Cromatógrafo a Gás com Espectrometria de Massas (GC/MS),
    • Planta de Hidrocraqueamento de Frações de Petróleo (operação até 200bar e 350°C),
    • Planta de Hidrotratamento de Gasolina de Pirólise (totalmente operacional, foi recebida da BRASKEM em regime de comodato),
    • Loop de Escoamento bifásico.
    • Fotobiorreator para crescimento de microalgas visando a produção de Óleo para Biodiesel ou Diesel Verde.
  3. Laboratório de Modelagem e Simulação Molecular - ATOMS
    Coordenadores: Profs. Frederico Tavares e Charlles Rubber.
    O Laboratório de Simulação Molecular da Escola de Química (LSM/EQ) dispõe de dez microcomputadores para uso pessoal e de um cluster Beowulf de nove microcomputadores interligados em uma rede dedicada Linux, para processamento paralelo. As pesquisas realizadas nas instalações do LSM/EQ são de natureza teórico-computacional e contam com a participação de alunos de graduação e pós-graduação da Escola de Química da UFRJ.
  4. Laboratório de Cinética e Termodinâmica I e II
    Coordenador: Prof. Rajagopal.
  5. NBPD - Núcleo de Biocombustíveis, Petróleo e seus Derivados
    Prédio recém-construído, com uma área total de 2.000m² (03 andares + terraço), sob o financiamento da Petrobras, com objetivos para estudos de Conversão de Biomassas. Neste espaço, será sediada a Escola Brasileira de Química Verde. Não deixa de estar dentro do contexto dos Processos Biotecnológicos mas foi dada especial destaque em função da sua importância ao Programa de Mestrado Profissional em Engenharia de Biocombustíveis e Petroquímica.

    Inaugurado no dia 06/07/2012, nas dependências da Escola de Química da UFRJ, o Núcleo de Biocombustíveis, de Petróleo e  de seus Derivados (NBPD) foi patrocinado pela PETROBRAS e pela ANP. Trata-se de um complexo de pesquisas avançadas com 18 laboratórios e uma grande área para instalação de unidades-piloto. O Núcleo abriga competências da Escola de Química e focaliza a incorporação da renovabilidade na matriz energética fóssil. A construção desse Núcleo de pesquisa representa uma grande conquista para a UFRJ, sendo o primeiro da América Latina que reunirá, de forma mais ampla, assuntos relacionados à produção de biocombustíveis, biomateriais e energia, explorando o conceito de Biorrefinaria.
Processos Químicos Laboratórios de Processos Químicos
Área de Concentração: Processos Químicos

Área física dos laboratórios: cerca de 1250 m².

Além dos Laboratórios de Processos Orgânicos e Processos Inorgânicos, que passaram recentemente por reformas, foi implantado o LABCOM (Laboratório de Combustíveis e Derivados de Petróleo) resultado de uma parceria com o INMETRO. A seguir, detalhamos os laboratórios da área de Processos Químicos:

Cód.LaboratórioCoordenador(a)
Lab PI 01:Análise TérmicaProf. Jo Dweck
Lab PI 02:Tecnologia de Hidrogênio (LabTech)Profª Mariana de Mattos
Lab PI 03:Tratamento de Água e Reúso de Efluente (LabTare)Profª Lídia Yokoyama
Lab PI 04:CorrosãoProfª Isabel
Lab PI 05:Materiais Cerâmicos e CompósitosProf. Abraham
Lab PI 06:Resíduos Sólidos InorgânicosProfª Valéria
Lab PI 07:Lab. Multiusuário do DPI---

Principais Equipamentos Instalados:

  • Analisador TOC
  • Espectrômetro de Difração de Raios X
  • Microscópio Eletrônico de Varredura
  • Cromatógrafo a Gás
  • Espectrômetro de Fluorescência
  • Analisador Térmico
  • Condutivímetro
  • Analisador OD
  • Analisador Nitrogênio Amoniacal
  • Sistema de membranas de Micro Ultra Nanofiltração e de Osmose Inversa
  • Potenciostato
  • Câmara de jateamento
  • Ozonizador
  • Sistema de UV
  • Jar Test
  • Estufas
  • Bombas
  • Fornos
  • Prensa
  • Viscosímetro
  • Turbidímetro
  • Analisador DQO
  • Espectrofotômetro de varredura UV-Visível
  • Moinhos de bola
  • Peneirador
  • Flotador por Ar Dissolvido
  • Autoclave

LABCOM - Laboratório de Combustíveis e Derivados de Petróleo
Coordenador: Prof. Luiz Antônio d'Ávila.
Site: www.labcom.org.br

Principais Equipamentos Instalados:

  • Reator/autoclave Buchi, Prensa Carver, Estufas, Chapas de aquecimento
  • Evaporador rotativo, Bombas de vácuo e difusão, Banhos termostatizados,
  • Reator de hidrogenação, Reator piloto, Caldeira, Refratômetro,
  • Polarímetro, Sacarômetro, Condutivímetros, Cromatógrafo a gás,
  • HPLC, Infra vermelho FTIR, Aparelho para determinação de ponto de fusão Politriz,
  • Potenciostato, Calorímetro Diferencial de Varredura, Estabilizador de Tensão, Analisador Térmico Simultâneo,
  • Forno Tubular, Fornos de Câmera de Seção Retangular,
  • Protótipo de Análises Térmicas c/ módulos de Termogravimetria,
  • Registrador Multicanal, Sistema de Ustulação com Forno Tubular de Laboratório,
  • Bombas de Vácuo, Centrífuga, Condutivímetro, Deonizador,
  • Destilador, Espectrofotometro, Homogenizadores, Jar Test,
  • Turbidímetros, Fornos elétricos, Mesa Polidora.

PROCAT - Unidade Protótipo de Catalisadores
Coordenador: Prof. Donato Aranda.
Inaugurada em 2012, a PROCAT é um complexo laboratorial dotado de uma planta multipropósito para ganho de escala e fabricação piloto de catalisadores e produtos afins. Situada no Distrito Industrial de Santa Cruz/RJ, a PROCAT ocupa uma área construída de 1600 m² e conta com Tecnologia e Equipamentos de Última Geração visando tanto a pesquisa com ênfase tecnológica quanto a prestação de serviços tecnológicos. A PROCAT é Coordenada pelo Prof. Donato Aranda da EQ/UFRJ e resulta de uma parceria entre a Escola de Química da UFRJ, o CENPES, a FINEP e a Fábrica Carioca de Catalisadores.
Site: www.procat-ufrj.com

Gestão Tecnológica Laboratórios de Gestão Tecnológica
Área de Concentração: Gestão Tecnológica

Área física: cerca de 70 m².

SIQUIM - Laboratório de Sistema de Informação da Indústria Química
Coordenadora: Profª Adelaide Antunes.
Site: www.eq.ufrj.br/links/siquim/

É constituido de bases de dados de setores e segmentos do Complexo Químico, como a Química Fina (Fármacos, Defensivos, Corantes, Pigmentos, Aditivos e Cosméticos), Petroquímica, Carboquímica, Alcoquímica e de derivados de produtos naturais. O SIQUIM realiza estudos prospectivos para as diferentes cadeias produtivas, fornecendo subsídios à formulação de políticas públicas para os setores produtivos e suporte à tomada de decisões por parte das empresas, a partir da construção de mapas de conhecimento.

Bibliotecas

Bibliotecas

As principais bibliotecas de apoio para os alunos do Programa são as Bibliotecas dos Centros de Tecnologia e de Ciências da Saúde da UFRJ cujos acervos estão entre os melhores do país em suas respectivas áreas. Outras bibliotecas frequentemente consultadas pelos nossos alunos são as dos Institutos de Física e de Química da UFRJ. A Escola de Química possui ainda um Posto de Serviços Bibliográficos, a partir do qual outras bibliotecas da UFRJ podem ser acessadas. Em 2007, este posto de serviço foi revitalizado em parceria com o Grupo UNIPAR, com pontos de acesso à Internet.

Cabe ressaltar que excelentes bibliotecas técnico-científicas se encontram dentro do Campus da UFRJ, como as do CENPES/Petrobras e do CETEM (Centro de Tecnologia de Minerais), ou nas suas imediações, como a da Fundação Oswaldo Cruz. Embora haja algumas restrições de acesso, elas prestam uma grande colaboração ao nosso Programa.

Por último, a rede de computadores da Escola de Química permite fácil acesso ao Portal de PERIÓDICOS DA CAPES.

Recursos de Informática

Recursos de Informática

A Escola de Química dispõe de uma rede de cerca de 300 microcomputadores que conecta praticamente todas as dependências administrativas, de pesquisa, salas de professores e algumas das salas de aula, com amplo acesso à Internet. Há, também, três salas de computadores de uso público, duas delas dedicada às atividades de graduação (com 28 computadores) e a outra às atividades de pesquisa e pós-graduação. A operação da rede é supervisionada por funcionários especializados em Informática, que recebem apoio de diversos estagiários.

Em 2009, com recursos do PROEX e de outras fontes, o TPQB reformou uma sala para acomodar o Laboratório de Informática do TPQB, com equipamentos modernos, inclusive Quadro Interativo (e-board).

Atualmente, a maior parte dos laboratórios de pesquisa experimental recebe equipamentos de informática com apoio financeiro dos projetos captados pelos seus docentes. A revitalização e a expansão do parque instalado é constante. Estas máquinas são usadas pelos alunos de pós-graduação e iniciação científica. Destacam-se alguns nichos de forte atividade com recursos de informática:

  1. O Laboratório H2CIN - desenvolve pesquisa em modelagem, otimização e controle de processos de hidrotratamento e hidrocraqueamento, contando com 12 computadores. Neste laboratório, instalações experimentais são construídas para levantamento de dados visando a calibração de modelos de processos empregados na exploração, transporte e refino de petróleo.

    O H2CIN tem atualmente as seguintes facilidades experimentais, plenamente instrumentadas, com estações de controle:
    • uma planta de hidrocraqueamento de frações de petróleo (podendo operar a pressões superiores a 200 bar),
    • Um loop de escoamento bifásico, que permite, entre outras aplicações, o desenvolvimento de modelos para levantamentos facilitados por gas (gas-lift);
    • Em regime de comodato, uma planta para hidrotratamento de gasolina de pirólise.
    Além disto, o hardware de instrumentação e controle está conectado a computadores de processo, alimentando bases de dados para desenvolvimento e validação de modelos.
  2. Laboratório de Simulação Molecular da Escola de Química (LSM/EQ) - dispõe de dez microcomputadores para uso pessoal e de um cluster Beowulf de nove microcomputadores interligados em uma rede dedicada Linux, para processamento paralelo.

    As pesquisas realizadas nas instalações do LSM/EQ são de natureza teórico-computacional e contam com a participação de alunos de graduação e pós-graduação da Escola de Química da UFRJ. O objetivo global é desenvolver (e empregar) novos modelos e métodos para o cálculo de propriedades físico-químicas relevantes para o projeto de processos químicos.

    As linhas que constituem um projeto CNPq aprovado recentemente, Cálculo de Propriedades Físico-Químicas via Termodinâmica Estatística e Simulação Molecular, são: Termodinâmica de Sistemas Coloidais Dinâmica Molecular Aplicada a Propriedades Configuracionais e de Transporte Termodinâmica de Soluções usando Equações de Estado. Em colaboração com a PETROBRAS, o laboratório está desenvolvendo programas computacionais capazes de simular o comportamento de unidades de separação de misturas contendo glicóis/aminas.
  3. Laboratório de Fluidodinâmica computacional - A fluidodinâmica computacional envolve o estudo de escoamento de fluidos, transferência de calor e fenômenos associados, tais como reações químicas, por meio de simulações numéricas baseadas em processamento computacional. Os principais códigos de CFD (Computacional Fluid Dynamics) utilizam o Método dos Volumes Finitos para resolver as equações no domínio do fluido. O Laboratório emprega a ferramenta CFX 5.7 na solução destes problemas. O CFX é um software, líder de mercado na área de CFD, que possui módulos para pré-processamento, solver e pós-processamento de problemas de dinâmica de fluidos nas suas mais diversas variações. O Laboratório conta, também, com 15 computadores dedicados à pesquisa e ensino em CFD.
  4. SIQUIM - Sistema de Informação da Indústria Química - desenvolve importantes trabalhos de prospecção, oportunidades e competitividade de cadeias produtivas, visando identificar e analisar os principais gargalos impeditivos a um maior crescimento da Indústria Química brasileira. As metodologias para estes estudos lançam mão de importantes recursos de informática, gerando dados que são tratados estatisticamente. O SIQUIM está a disposição de nosso alunado de graduação e pós-graduação.

Numa apreciação em relação aos equipamentos hoje disponíveis para os professores e alunos da pós-graduação, pode-se dizer que eles atendem razoavelmente à demanda, embora a necessidade de reposição seja constante, em virtude dos permanentes avanços dos equipamentos de informática. Frente a isto, com o PROEX, a Coordenação investiu R$ 28.000,00 em equipamentos (computadores e e-board) para oferecer ao corpo discente um laboratório moderno e dedicado à pesquisa.

Em software, temos licenças de uso do simulador de processos UNISIM DESIGN (200 licenças), MAPPLE (50 licenças), PHOENIX (50 licenças). Dispomos ainda dos seguintes softwares:

  • Compaq VISUAL FORTRAN 6.5 - o compilador de FORTRAN90/95 líder de mercado, recomendado por softwares como o Phenics que necessitam de compilador FORTRAN como compilador ideal.
  • Mathematica - Software líder em computação algébrica que permite a geração automática de códigos em FORTRAN.
  • HyperChem - Software de simulação molecular.
  • SIMAPRO - Software que permite analisar Ciclo de Vida de processos, produtos etc.
  • TITAN - Software de simulação molecular.

E, também, de versões atualizadas do Aspen Plus e MATLAB.

Outras Informações

As Redes de Tecnologia da PETROBRAS e projetos com apoio de Fundos Setoriais mantêm a permanente modernização da infraestrutura de pesquisa.

Em 2010, com recursos do PROEX e de outras fontes, o TPQB reformou todas as salas de aula criando 3 novas salas, i.e. totalizam 9 salas de aulas, com equipamentos modernos, inclusive Quadros Interativos (e-board) em todas. Junto com o Laboratório de informática exclusivo para pesquisa, pretende-se manter os discentes na instituição para promover maior integração e redução do tempo de titulação.