TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2010

Estudo de Tecnologias para o Tratamento de Efluente de Gráfica localizada no Município do Rio de Janeiro.

Autora: Maira Labanca Waineraich Scal
Orientadoras: Lídia Yokoyama, Fabiana Valéria da Fonseca Araújo

Resumo

A reciclagem de papel tem se mostrado uma alternativa viável para o mercado buscando reduzir o consumo de recursos naturais. A despeito dessa vantagem, esta atividade gera efluentes com elevada matéria orgânica, turbidez e cor.

Neste trabalho foi realizado um estudo do emprego de diferentes processos de tratamentos de efluentes gerados em uma gráfica de reciclagem de papel, de pequeno porte. Foram identificados quatro tipos de efluentes na gráfica em questão. Efluente proveniente de matriz colorida, matriz branca, matriz branca utilizando como corante o guache e matriz branca utilizando um corante orgânico azul.

O presente trabalho buscou estabelecer um processo de tratamento visando reduzir principalmente a DQO e a turbidez enquadrando-o nos valores estabelecidos pela legislação estadual vigente (DZ 215 -R5/ Inea)

O primeiro processo de tratamento avaliado foi a coagulação-floculação com sulfato de alumínio e PAC. Foram determinadas as melhores condições de concentração e pH. Não foram obtidos resultados significativos de redução de DQO. Após a clarificação do efluente, foi avaliado o emprego de processos oxidativos, com peróxido de hidrogênio, peróxido de hidrogênio fotocatalisado com UV e reagente Fenton.

Apenas o efluente de matriz colorida atingiu valores inferiores ao estabelecido pela legislação, após oxidação com peróxido de hidrogênio. Resultados efetivos foram alcançados após oxidação com peróxido de hidrogênio em 5 horas de reação. Os demais efluentes tratados por processos oxidativos apresentaram uma redução de DQO, mas não suficiente para permitir seu descarte. O processo Fenton se mostrou efetivo para degradar os efluentes gerados na gráfica de reciclagem de papel, sendo possível obter uma DQO final de 243mg/L para o efluente da matriz branca utilizando como corante o guache, nas melhores condições experimentais encontradas.