EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
English Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os candidatos selecionados no Processo Seletivo MP 2019/1 devem usar os mesmos CPF e Senha da inscrição no Processo Seletivo. Caso tenha esquecido, peça "Lembrar Senha" na tarja azul clara no topo desta tela. Só precisa preencher a opção Registro de Matrícula, subopções Dados Pessoais, Contato e Documentação
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Offshore Processing of CO2 Rich Natural Gas with Supersonic Separator
  23. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  24. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  25. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  26. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  27. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  28. Potencialidades do Cajueiro
  29. Processos Inorgânicos
  30. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  31. Reúso de Água em Processos Químicos
  32. Setores da Indústria Química Orgânica
  33. Technology Roadmap
  34. Tecnologia do Hidrogênio
  35. Tecnologia Enzimática
  36. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  37. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  38. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2012

Desenvolvimento de Métodos para Separação e Identificação do Biodiesel e/ou Óleo Vegetal no Óleo Diesel e de Aditivos em Gasolina.

Autora: Amanda Pereira Franco dos SantosMP.
Orientador: Luiz Antônio d'Avila.
PDF Download da Dissertação

Resumo

O mercado de combustíveis tem passado por grandes mudanças nas últimas décadas, motivadas dentre outras coisas, pelas questões ambientais. Uma destas mudanças foi à inserção do biodiesel na matriz energética brasileira, o que tornou necessária a verificação da qualidade da mistura biodiesel/óleo diesel no que tange a sua quantificação, como também a presença eventual de óleo vegetal ao invés do biodiesel. Outra mudança, diz respeito à adição de aditivos detergentes e dispersantes a toda gasolina ofertada no país a partir de 2014. Esta aditivação proporcionará um melhor desempenho da gasolina nos motores e uma queima mais limpa, gerando emissões menos poluentes.

Neste sentido, o presente trabalho foi estruturado no desenvolvimento dos seguintes métodos:

Desenvolveu-se um método simples, prático, rápido e executável em campo, capaz de separar biodiesel do óleo diesel e identificá-lo semiquantitativamente através do teste do ácido hidroxâmico. Foi possível determinar a ordem de grandeza da concentração de biodiesel, com desvio de cerca de 1%, permitindo uma rápida verificação, já em campo, se a amostra está fora dos limites da especificação.

Para verificação da eventual presença do óleo vegetal, a fração do biodiesel já separada do óleo diesel foi submetida à outra extração em fase sólida. O teste, adaptável em campo, foi satisfatório para uma adulteração a partir de 1% de óleo vegetal em amostra B5.

E, por último, foi desenvolvido um método para quantificação de aditivos em gasolina, a partir de sua pré-concentração por meio da destilação (método ASTM D86) seguida da análise por cromatografia de exclusão por tamanho, com detectores convencionais de índice de refração. Foi constatada a presença de aditivos na maioria das gasolinas aditivadas, sendo que 72% apresentaram concentração de aditivo maior que 100 mg/kg para os aditivos G e W. Entretanto, há a possibilidade de 28% das amostras estarem sendo comercializadas sem os aditivos ou com concentração muito abaixo da média das demais.