EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
English Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os candidatos selecionados no Processo Seletivo MP 2019/1 devem usar os mesmos CPF e Senha da inscrição no Processo Seletivo. Caso tenha esquecido, peça "Lembrar Senha" na tarja azul clara no topo desta tela. Só precisa preencher a opção Registro de Matrícula, subopções Dados Pessoais, Contato e Documentação
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Offshore Processing of CO2 Rich Natural Gas with Supersonic Separator
  23. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  24. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  25. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  26. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  27. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  28. Potencialidades do Cajueiro
  29. Processos Inorgânicos
  30. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  31. Reúso de Água em Processos Químicos
  32. Setores da Indústria Química Orgânica
  33. Technology Roadmap
  34. Tecnologia do Hidrogênio
  35. Tecnologia Enzimática
  36. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  37. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  38. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Teses de Doutorado Defendidas: 2008

Reach e a Indústria Brasileira: Roteiro de Posicionamento para a Empresa Exportadora.

Autora: Nícia Maria Mourão Henrique.
Orientadora: Adelaide Maria de Souza Antunes

Resumo

Esta tese de doutorado tem como principal objetivo apresentar um roteiro para posicionamento da empresa exportadora brasileira em relação à nova legislação europeia de controle de substâncias químicas, preparações contendo substâncias químicas e artigos que contenham substâncias químicas deliberadamente liberadas para o meio ambiente.

O REACH, como é chamado este Regulamento, é uma legislação complexa na sua ordenação e construção, um instrumento de política ambiental e de saúde humana ainda em estruturação e cujos efeitos reais só serão sentidos a partir de 2009, após o início da sua implementação.

Segundo a Comissão Europeia, o objetivo do REACH é garantir um alto nível de proteção à saúde humana e ao meio ambiente mantendo o funcionamento eficiente do mercado interno e a competitividade da indústria química europeia. No entanto esta legislação apresenta características peculiares que poderão infringir os critérios básicos de regulação do comércio estabelecidos pelo Acordo de Barreiras Técnicas ao Comércio, no âmbito da Organização Mundial do Comércio.

Esta tese objetiva ainda mostrar que o REACH, mais que uma barreira não tarifária, será uma barreira econômica. As empresas, principalmente pequenas e médias, não terão condição de arcar com os custos e as dificuldades impostas pelo REACH.

A fundamentação teórica está estruturada com base no estudo de como se processam as relações internacionais e as motivações que levaram à criação da OMC e às regras de regulamentação do comércio. Estuda sua evolução histórica, seus princípios estruturais, sua organização e seus instrumentos de regulação do comércio. Trata ainda em detalhes da legislação que estabelece o Acordo de Barreiras Técnicas ao Comércio e dos princípios que o regem.

Detalha como a conscientização sobre a problemática ambiental foi se explicitando ao longo dos anos e a preservação do meio ambiente se transformou no tema de maior destaque hoje nas questões internacionais. Trata em profundidade do REACH, sua motivação, seu histórico, os prós e contras, sua estrutura, detalhando cada uma de suas etapas, os documentos que o apóiam e as implicações técnicas e econômicas que resultarão da sua futura implementação.

Finalmente, analisa a indústria química, sua estrutura internacional e as principais características desse setor. Esse arcabouço teórico possibilita então apresentar o roteiro desenvolvido para o posicionamento das empresas brasileiras exportadoras para a União Europeia em relação ao REACH.