TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os novos alunos de Mestrado Acadêmico já podem completar seus dados. Pedimos aos outros que aguardem mais um pouco. (07/12/2016 15:50)
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!

Teses de Doutorado Defendidas: 2008

Produção Regional de Aço: Responsabilidade Corporativa e Contribuições do Capital Social para o Desenvolvimento Regional.

Autor: João Orlando Rodrigues de Menezes.
Orientadores: Osvaldo Galvão Caldas da Cunha, Igor de Abreu e Lima.

Resumo

Por que uma solução de desenvolvimento regional? Por que na indústria siderúrgica? Por que buscar, para a siderurgia, a criação de um pólo industrial no Mato Grosso do Sul? Por que escolher uma solução regional em vez de uma grande siderúrgica integrada com foco na exportação? Como fazer para equacionar a solução para o mercado regional? Qual é a importância do Capital Social para a sustentabilidade do empreendimento?

Porque o mundo está em contínua mudança e novos empreendimentos precisam da dimensão social para a sua sustentação. A sustentabilidade da solução não deve ser apoiada somente na exportação para a sobrevivência.

O modelo proposto tem por meta (1) produzir com os menores custos, adicionando valor para a comunidade e para os parceiros, e (2) vender localmente produtos diferenciados a preços competitivos com os importados. O empreendimento, além de atrair investimentos para a região, deve criar vantagens competitivas locais e municipais com base nas potencialidades em infraestrutura econômica, logística, recursos humanos (educação, capacitação profissional e capital social das pessoas da comunidade) e desenvolvimento tecnológico.

Porque a indústria siderúrgica atrai para a região investimentos de outras indústrias, fortalecendo o pólo industrial regional. Porque a siderurgia está sofrendo uma revolução tecnológica que altera como o aço é produzido, mas também toda a estrutura da indústria. A indústria siderúrgica está passando por uma fase em que são examinados:

Todos parâmetros contribuindo para a sustentabilidade da solução.

O Brasil apresenta um grande desafio para a produção regional de aço. Seguindo o modelo americano de redução do tamanho, a solução no Brasil sofre com a inexistência de sucata em quantidade que viabilize usina a partir da aciaria elétrica, eleva o nível de investimento necessário e tem impedido o desenvolvimento de siderúrgica regional.

O Mato Grosso do Sul tem todas as condições para sediar um novo conceito de siderurgia integrada a upstream. Minério de ferro em abundância, gás natural como fonte de energia e como redutor do minério de ferro, diversos modais de transporte disponíveis, economia pujante (crescimento de 240% no período de 1995 até 2004 - dados IBGE de 2004) e importação de todo o aço que consome.

É analisada nesta pesquisa a implantação de mini-usina local no Mato Grosso do Sul, integrada à montante na medida da evolução da demanda, podendo chegar à produção de substituto de sucata.