EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
English Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os candidatos selecionados no Processo Seletivo MP 2019/1 devem usar os mesmos CPF e Senha da inscrição no Processo Seletivo. Caso tenha esquecido, peça "Lembrar Senha" na tarja azul clara no topo desta tela. Só precisa preencher a opção Registro de Matrícula, subopções Dados Pessoais, Contato e Documentação
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Offshore Processing of CO2 Rich Natural Gas with Supersonic Separator
  23. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  24. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  25. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  26. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  27. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  28. Potencialidades do Cajueiro
  29. Processos Inorgânicos
  30. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  31. Reúso de Água em Processos Químicos
  32. Setores da Indústria Química Orgânica
  33. Technology Roadmap
  34. Tecnologia do Hidrogênio
  35. Tecnologia Enzimática
  36. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  37. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  38. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Teses de Doutorado Defendidas: 2008

Produção Regional de Aço: Responsabilidade Corporativa e Contribuições do Capital Social para o Desenvolvimento Regional.

Autor: João Orlando Rodrigues de Menezes.
Orientadores: Osvaldo Galvão Caldas da Cunha, Igor de Abreu e Lima.

Resumo

Por que uma solução de desenvolvimento regional? Por que na indústria siderúrgica? Por que buscar, para a siderurgia, a criação de um pólo industrial no Mato Grosso do Sul? Por que escolher uma solução regional em vez de uma grande siderúrgica integrada com foco na exportação? Como fazer para equacionar a solução para o mercado regional? Qual é a importância do Capital Social para a sustentabilidade do empreendimento?

Porque o mundo está em contínua mudança e novos empreendimentos precisam da dimensão social para a sua sustentação. A sustentabilidade da solução não deve ser apoiada somente na exportação para a sobrevivência.

O modelo proposto tem por meta (1) produzir com os menores custos, adicionando valor para a comunidade e para os parceiros, e (2) vender localmente produtos diferenciados a preços competitivos com os importados. O empreendimento, além de atrair investimentos para a região, deve criar vantagens competitivas locais e municipais com base nas potencialidades em infraestrutura econômica, logística, recursos humanos (educação, capacitação profissional e capital social das pessoas da comunidade) e desenvolvimento tecnológico.

Porque a indústria siderúrgica atrai para a região investimentos de outras indústrias, fortalecendo o pólo industrial regional. Porque a siderurgia está sofrendo uma revolução tecnológica que altera como o aço é produzido, mas também toda a estrutura da indústria. A indústria siderúrgica está passando por uma fase em que são examinados:

Todos parâmetros contribuindo para a sustentabilidade da solução.

O Brasil apresenta um grande desafio para a produção regional de aço. Seguindo o modelo americano de redução do tamanho, a solução no Brasil sofre com a inexistência de sucata em quantidade que viabilize usina a partir da aciaria elétrica, eleva o nível de investimento necessário e tem impedido o desenvolvimento de siderúrgica regional.

O Mato Grosso do Sul tem todas as condições para sediar um novo conceito de siderurgia integrada a upstream. Minério de ferro em abundância, gás natural como fonte de energia e como redutor do minério de ferro, diversos modais de transporte disponíveis, economia pujante (crescimento de 240% no período de 1995 até 2004 - dados IBGE de 2004) e importação de todo o aço que consome.

É analisada nesta pesquisa a implantação de mini-usina local no Mato Grosso do Sul, integrada à montante na medida da evolução da demanda, podendo chegar à produção de substituto de sucata.