EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os Candidatos aprovados para as turmas 2018/1 tanto de Mestrado quanto de Doutorado, que ainda não completaram seus dados, devem acessar a Intranet do EPQB para completar o cadastro, no período de 10/01/2018 a 17/01/2018. Só precisa preencher a opção Registro de Matrícula, subopções Dados Pessoais, Contato e Documentação.
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Teses de Doutorado Defendidas: 2010

Estudo do Monitoramento Tecnológico de Patentes Farmacêuticas do Omeprazol e seus Derivados com uma Comparação do Perfil de Depósitos de Brasileiros e Estrangeiros no Mundo.

Autora: Leandra Guimarães de Oliveira
Orientadora: Cheila Gonçalves Mothé

Resumo

Desenvolvimento de metodologia de monitoramento tecnológico de patentes farmacêuticas do OMEPRAZOL e de seus derivados com uma comparação do perfil de depósitos de patentes de invenção de brasileiros e estrangeiros no mundo, no período de 1979 até 2009, com ênfase em Propriedade Industrial.

As bases de dados disponíveis na Internet (INPI, DERWENT, ESPACENET, PATENT SCOPE e USPTO) foram utilizadas para avaliar os principais inventores, depositantes, país do depositante, as principais Classificações Internacionais de Patentes, ano de depósito, país de publicação, categorias das reivindicações e palavras-chave do fármaco: omeprazol, lansoprazol, rabeprazol, esomeprazol, pantoprazol, de modo a discutir a importância do patenteamento como instrumento de incentivo de inovação tecnológica na área farmacêutica.

Para complementar as informações coletadas, foram estudas as propriedades térmicas de amostras de Omeprazol comercializadas em farmácias convencionais e de manipulação.

Dentre os principais depositantes dos pedidos de patentes de invenção sobre o Omeprazol e seus derivados, o principal depositante no mundo foi a empresa Astrazeneca AB, com 129 depósitos; O principal inventor foi o Wolfgang-Alexander Simon com 41 depósitos de patente de invenção; O principal País depositante foi os EUA com 200 depósitos, apontando para uma hegemonia americana; A categoria de reivindicação que mais apareceu foi a de composição (602 resultados).

É importante a combinação de termos relacionados ao Omeprazol, tais como "omeprazole", "pantoprazole", "lansoprazole", "rabeprazole" e "esomeprazole", bem como a interseção com as principais classificações internacionais de patentes (CIP): A61K 31/3349, C07D 401/12 e A61P 1/04, a fim de selecionar o maior número de dados relevantes para o correto Monitoramento Tecnológico do fármaco em questão.

A avaliação das propriedades térmicas, através dos resultados de TG, DTG, DTA e DSC para amostras de Omeprazol (R1, R2, G1, S1, S2 e M1) obtidas por farmácias convencionais e de manipulação, revelou que todas as amostras estudadas apresentaram comportamento térmico e composições diferentes.