EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
English Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os candidatos selecionados no Processo Seletivo MP 2019/1 devem usar os mesmos CPF e Senha da inscrição no Processo Seletivo. Caso tenha esquecido, peça "Lembrar Senha" na tarja azul clara no topo desta tela. Só precisa preencher a opção Registro de Matrícula, subopções Dados Pessoais, Contato e Documentação
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Offshore Processing of CO2 Rich Natural Gas with Supersonic Separator
  23. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  24. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  25. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  26. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  27. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  28. Potencialidades do Cajueiro
  29. Processos Inorgânicos
  30. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  31. Reúso de Água em Processos Químicos
  32. Setores da Indústria Química Orgânica
  33. Technology Roadmap
  34. Tecnologia do Hidrogênio
  35. Tecnologia Enzimática
  36. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  37. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  38. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Teses de Doutorado Defendidas: 2009

Novo índice de Qualidade das Águas com uso da Lógica e Inferência Nebulosa.

Autor: André Lermontov.
Orientadores: Lídia Yokoyama e Mihail Lermontov.

Resumo

As metodologias que utilizam lógica nebulosa, uma das ferramentas da inteligência artificial, vêm cada vez mais sendo aplicadas no tratamento das incertezas e subjetividades intrínsecas dos problemas ambientais.

Este estudo propõe a criação de um novo índice de qualidade das águas, o Novo Índice Nebuloso de Qualidade das Águas - NINQA, através de uma interface facilitadora, o sistema de inferência nebulosa.

Inicialmente é apresentada uma metodologia para o desenvolvimento de um índice nebuloso de qualidade das águas - INQA. Visando a aplicação em diferenciadas situações no âmbito do gerenciamento hídrico, a metodologia é aplicada na análise de quatro bacias hidrográficas distintas.

Foram escolhidas para servirem de suporte uma Unidade de Gerenciamento Hídrico - UGRHI em área de conservação, uma em área agropecuária, uma em área em industrialização e por último, uma em área industrializada.

Para tal foram utilizados dados analíticos de monitoramento disponíveis nos Relatórios de Qualidade de Águas Interiores do Estado de São Paulo elaborados pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental de São Paulo - CETESB durante os anos de 2004 a 2006.

Em seguida, o INQA é comparado estaticamente a outros índices calculados através das diversas metodologias tradicionais existentes na literatura. A analise estatística apresentou um resultado satisfatório dentro de uma margem aceitável, intrínseca ao uso da lógica nebulosa.

A seguir são acrescentados novos parâmetros analíticos e qualitativos à metodologia e um novo enquadramento das bacias hidrográficas é apresentado. O novo índice proposto representa de forma mais realista a qualidade das águas em seus respectivos rios.