TPQB TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: O período em que os Candidatos aprovados para o Mestrado (Acadêmico ou Profissional) deverão acessar a Intranet do TPQB para completar o cadastro vai de 29/08/2017 a 31/08/2017. Só então o acesso será liberado.
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
Atenção: O período em que os Candidatos aprovados para o Mestrado (Acadêmico ou Profissional) deverão acessar a Intranet do TPQB para completar o cadastro vai de 29/08/2017 a 31/08/2017. Só então o acesso será liberado.
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2009

Vantagens Competitivas Derivadas da Estrutura Organizacional e dos Modelos de Gestão na Indústria Sucroalcooleira

Autor(a): Marcionis Francisco Alves
Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

Resumo

O propósito principal desta dissertação é identificar possíveis vantagens competitivas existentes em empresas do setor sucroalcooleiro, decorrentes dos modelos de gestão e estruturas organizacionais adotadas pelas empresas-objeto.

A indústria sucroalcooleira no Brasil se caracteriza por ser uma atividade econômica antiga e diversificada, contando hoje com mais de 380 plantas industriais, pertencentes a dezenas de empresas. O setor é formado tanto por empresas tradicionais e de controle familiar, quanto por empresas novas, com participação de capital estrangeiro e administração profissionalizada.

O estudo de caso ou exploratório constitui-se por uma pesquisa qualitativa, usando a técnica de entrevistas, realizada em quatro empresas do setor sucroalcooleiro, com operações na região do Triângulo Mineiro.

Dentre os principais resultados alcançados verifica-se que as empresas alvo se distinguem por uma estrutura organizacional hierarquizada e modelos de gestão centralizadores e autocráticos.

Conclusivamente o trabalho identificou que nas empresas estudadas não se verifica a existência de vantagens competitivas oriundas da estrutura organizacional e modelos de gestão adotados pelas empresas-objeto.