EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os Candidatos aprovados para as turmas 2018/1 tanto de Mestrado quanto de Doutorado, que ainda não completaram seus dados, devem acessar a Intranet do EPQB para completar o cadastro, no período de 10/01/2018 a 17/01/2018. Só precisa preencher a opção Registro de Matrícula, subopções Dados Pessoais, Contato e Documentação.
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2012

Modelagem e Simulação de Calcinadores de Hidróxido de Alumínio em Leito Fluidizado.

Autor: Eduardo Lopes Gonçalves Filho.
Orientadores: José Luiz de Medeiros, Ofélia de Queiroz Fernandes Araújo.
Laboratório: H2CIN

Resumo

Com o crescimento do consumo de alumínio no mundo, reduzir custos no processo produtivo tornou-se fundamental para a sustentabilidade e competitividade das indústrias produtoras. Atualmente, o Brasil é o maior produtor e um grande exportador de alumina calcinada, produto intermediário no processo produtivo do alumínio metálico, com destaque para a Hydro-Alunorte, maior refinaria do mundo, que apresenta um dos menores custos unitários de produção de alumina. Contudo, a alta competição entre os grandes produtores e exportadores de alumina exige que a busca por melhorias no processo sejam estudadas ao extremo, de forma a otimizar o preço do produto final.

Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de um recurso computacional em MATLAB para simulação estacionária da operação unitária mais intensiva em consumo energético do Processo Bayer utilizado em usinas de refino de alumina - o calcinador de hidróxido de alumínio em leito fluidizado.

A otimização energética de calcinadores depende de recursos confiáveis para a simulação do desempenho dos mesmos, especialmente no que concerne à previsão do comportamento térmico do sistema frente a variações em diversos fatores operacionais como razão ar-sólido, configuração de contato gás-sólido, razão ar-combustível e poder calorífico do óleo combustível.

Com este intuito, foi desenvolvida a modelagem de um reator de calcinação em leito fluidizado para queima do óleo combustível, abordando o fenômeno de fluidização de leitos de partículas, além do transporte pneumático de finos e sua recuperação em ciclones. Dispositivos de troca térmica gás-sólido visando à integração energética entre correntes de sólidos quente e ar frio de injeção também foram considerados.

O modelo em forma de digrafo foi capaz de prever o comportamento das espécies envolvidas no processo, obtendo-se perfis de composições, vazões e temperaturas ao longo do sistema. Uma Unidade de Calcinação foi simulada com diferentes características em suas cargas de entrada obtendo-se perfis espaciais de variáveis relevantes na resposta do processo.