TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os novos alunos de Mestrado Acadêmico já podem completar seus dados. Pedimos aos outros que aguardem mais um pouco. (07/12/2016 15:50)
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2009

Estudo Fisiológico e Morfológico da Aplicação de Estresse Eletroquímico em Cultivos de Leveduras

Autor: André Allan Catarino de Oliveira
Orientadoras: Ofélia de Queiroz Fernandes Araújo, Priscilla Filomena Fonseca Amaral

Resumo

A levedura Saccharomyces cerevisiae é um dos melhores modelos de sistema eucariótico unicelular, pois seu metabolismo, semelhante ao de eucariotos superiores, com mecanismos próprios de ativação metabólica (citocromo P450) tornam este microorganismo uma valiosa ferramenta de estudo do metabolismo e fisiologia celular.

Esta levedura destaca-se por realizar uma rápida conversão de açúcar a etanol e CO2. O controle da concentração inicial de açúcar em valores baixos impede a fermentação, porém elevados valores de concentração promovem a repressão catabólica, acompanhada da diminuição do rendimento em biomassa.

Há um interesse especial em controlar fluxos metabólicos bem como avaliar a relação entre o consumo de glicose e o ciclo celular, que é determinado pelo número de divisões que a levedura realizou, através das cicatrizes de quitina deixadas pelo processo de gemulação.

Yarrowia lipolytica é uma levedura estritamente aeróbia com alta capacidade de gerar produtos de alto valor agregado (grande interesse industrial) como lipases, ácido cítrico e proteínas unicelulares, além de várias enzimas como lipases, proteases, esterases e fosfatases. Atualmente a utilização mais importante dessa levedura é a produção de lipases devido à ampla aplicabilidade desse produto, como por exemplo, degradação de óleos e gorduras.

Células de Y. lipolytica apresentam lipases extracelulares e ligadas à célula. Células eucarióticas podem responder a uma variedade de estresses ambientais tais como disponibilidade de nutriente, entre outras (pH, temperatura, agitação etc.). Respostas celulares a estresse elétrico foram estudadas no presente trabalho. Foi constatado através dos resultados uma melhoria no consumo de substrato e "excreção" de lipase e etanol. Além disso, notou-se que esse tipo de estresse não prejudica a viabilidade celular.