TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os novos alunos de Mestrado Acadêmico já podem completar seus dados. Pedimos aos outros que aguardem mais um pouco. (07/12/2016 15:50)
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2008

Dispersão de Gases Inflamáveis em Plataforma Offshore: Localização de Detectores.

Autor: André Brenner Fleck.
Orientadores: Ricardo de Andrade Medronho, Márcio Nele de Souza.

Resumo

Em atividades de exploração e produção de petróleo em estruturas offshore há sempre o risco associado ao vazamento de gases inflamáveis, que em misturas estequiométricas com o ar podem sofrer ignição, causando acidentes com explosões, resultando em danos pessoais, às instalações, ao ambiente ou à imagem da companhia. A P-36 em 2001, na Bacia de Campos e a Piper Alpha em 1988, no Mar do Norte, são exemplos de acidentes em plataformas marítimas com explosões e vítimas.

Assim, deve-se considerar durante o projeto de plataformas offshore, sistemas de detecção de gases inflamáveis, cujo projeto geralmente baseia-se em normas técnicas que não fornecem todas as informações necessárias para determinar o número e a localização ótimos dos detectores, podendo resultar em aumento dos custos, tanto pelo excesso de sensores quanto pelos danos gerados pela falta destes.

Neste trabalho, empregou-se Fluidodinâmica Computacional (CFD), para prever a formação de plumas de gás, para então, aplicar-se uma metodologia proposta no trabalho e, assim, determinar a melhor posição e a quantidade necessária de pontos de detecção.

As simulações numéricas são conduzidas conforme as condições metereológicas da região e o layout de uma plataforma típica, cuja seção de compressão foi selecionada para o estudo de caso, contemplando apenas um ponto de vazamento em seis direções ortogonais, cada uma em oito direções distintas de vento.

Baseado nos resultados obtidos, acredita-se que esta metodologia seja uma ferramenta útil para avaliar e melhorar o projeto do sistema de detecção de gases inflamáveis de toda a plataforma.