EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os Candidatos aprovados para as turmas 2018/1 tanto de Mestrado quanto de Doutorado, que ainda não completaram seus dados, devem acessar a Intranet do EPQB para completar o cadastro, no período de 10/01/2018 a 17/01/2018. Só precisa preencher a opção Registro de Matrícula, subopções Dados Pessoais, Contato e Documentação.
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2009

Síntese de Controle e Análise de Cenários em Plantas Offshore de Óleo e Gás

Autor(a): Juliana Casaccia Vaz
Orientador(es): Ofélia de Queiroz Fernandes Araújo, José Luiz de Medeiros
Laboratório: H2CIN

Resumo

As plantas de processamento primário de petróleo offshore são projetadas para separar e tratar as diferentes fases do petróleo produzido, para envio às refinarias.

No contexto offshore, os equipamentos são projetados para mínima carga e máxima economia de espaço, resultando em unidades compactas, com mínimo inventário. Em decorrência, estas plantas apresentam grande sensibilidade a oscilações de produção, comuns em função das características de escoamento em risers de produção, podendo apresentar intermitências e amplitudes severas (golfadas), quadro este agravado com a maturação dos campos produtores.

Observa-se, adicionalmente, tendência para projetos de plantas de processamento exibindo maior complexidade, associadas à exploração de petróleo em águas ultra-profundas, óleos pesados e/ou exibindo alto grau de contaminantes. No caso brasileiro, as descobertas de petróleo leve do pré-sal indicam a necessidade de processamento de grandes quantidades de gás, rico em CO2.

Neste cenário, a síntese de estratégias de controle que amorteçam oscilações para evitar a propagação de perturbações ao longo da unidade é de destacada relevância. Adicionalmente, devido ao confinamento da tripulação e à natureza combustível dos produtos (gás e óleo), aspectos de segurança assumem vulto, principalmente na operação sob fortes transientes, demandando estudos de simulação para validação de procedimentos de operação e controle da planta. O uso de modelos como ferramenta de análise permite estudos de apoio ao HAZOP (Hazards in Operation), pré-sintonia de controladores, treinamento de operadores, verificação do desempenho da planta frente a perturbações, verificação da lógica de controle de plantas em operação, simulação de cenários de emergência, teste de alterações de projeto e estudos de aumento de capacidade, entre outros.

O presente trabalho aborda o emprego de simulação dinâmica na síntese e análise de plantas offshore com foco em três estudos de caso:

  1. um sistema de gás combustível (com duas fontes de entrada, válvulas de controle e bloqueio, controladores, trocadores e um vaso),
  2. um sistema de óleo (com três separadores bifásicos, dois tratadores eletrostáticos, um tanque, válvulas de controle e bloqueio, controladores, bombas e correntes de reciclo) e
  3. dois sistemas de tratamento de óleo (separador trifásico, separador bifásico, tratador eletrostático, bombas, aquecedores, válvulas de bloqueio e controle e reciclos).

Para os casos (1) e (2), modelados com sucesso, registrou-se o comportamento de todas as variáveis controladas, procedendo-se a uma análise de interação baseada na matriz de ganhos relativos, para emparelhamento das variáveis controladas e manipuladas.