TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os novos alunos de Mestrado Acadêmico já podem completar seus dados. Pedimos aos outros que aguardem mais um pouco. (07/12/2016 15:50)
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2009

Produção de Biossurfatante por Flavobacterium sp. a partir de Óleo de Soja Residual e Fertilizante Comercial

Autor: Diego Valentim Crescente Cara
Orientadores: Eliana Flávia Camporese Sérvulo, Luis Gonzaga Santos Sobral

Resumo

A linhagem Flavobacterium sp. AU-1, isolada de solo impactado por hidrocarbonetos, foi testada quanto à capacidade de produzir compostos tensoativos em meio básico mineral suplementado com insumos de baixo custo.

Preliminarmente, foram realizados experimentos para seleção da fonte de carbono - glicerol, querosene, óleo de soja in natura (IN), óleo de soja de fritura (DF), açúcar cristal e dextrose P.A. - em função da redução da tensão superficial do meio fermentado.

Exceto para glicerol e querosene, o crescimento da bactéria a 30°C, em frascos Erlenmeyers, sob agitação de 150 rpm por 48 horas, propiciou a produção de biossurfatante, uma vez que a tensão do mosto original de 71 mN/m foi reduzida a 45 mN/m, correspondendo a reduções de TS de 28 a 40%.

Também, independentemente da solubilidade da fonte de carbono, a síntese de biossurfactante pela linhagem isolada ocorreu nas primeiras 24 horas de processo, de modo análogo ao crescimento. Entretanto, quando o bioprocesso foi realizado com açúcar cristal (fonte de carbono solúvel) foi evidenciado o aumento da TS na 72ª hora, indicando a degradação do bioproduto.

A análise da produção de compostos tensoativos a partir de óleo DF e diferentes fontes de nitrogênio - nitrato de sódio, ureia, levedura residual cervejeira e sulfato de amônio - individualmente e em variadas proporções, através de planejamento de mistura do tipo simplex-lattice [4,3] indicou ser a ureia e o nitrato de sódio, individualmente (p<0,05), as mais apropriadas.

O teste t de Student, a partir da análise das médias para valores de diluição micelar crítica, indicou que estatisticamente é favorável a substituição do nitrato de sódio pelo fertilizante salitre do Chile, uma fonte de nitrogênio economicamente mais vantajosa.

A partir de um planejamento fatorial completo 22 com ponto central foi possível determinar que as concentrações de óleo de soja DF e de fertilizante são estatisticamente significantes para a produção de biossurfatante pela linhgem de Flavobacterium isolada. A maior quantidade de biossurfactante, determinada pela análise da diluição micelar crítica (DMC), foi alcançada em 24 horas de processo para meio constituído de 100 mL/L de óleo de soja DF e 8,8 g/L de salitre do Chile.