TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2011

Biossegurança: Abordagem e Ensino no Contexto Acadêmico.

Autora: Roberta Giovanini Busnardo.
Orientadores: Andrea Medeiros Salgado, Maria Antonieta Peixoto Gimenes Couto.

Resumo

A Biossegurança pode ser entendida como um conjunto de ações que tem como objetivos prevenir ou minimizar acidentes, garantir a saúde do trabalhador e a preservação do meio ambiente. No presente trabalho procurou-se destacar a importância do tema, de forma a garantir que laboratórios possuam condições de segurança, propiciando a saúde de seus usuários. Infelizmente, ainda hoje, o assunto continua a ser negligenciado por boa parte dos trabalhadores.

O objetivo principal deste trabalho é investigar os aspectos relacionados à Biossegurança, tanto na UFRJ como em outras Instituições, além de verificar as condições em que se encontram os laboratórios do Departamento de Engenharia Bioquímica da Escola de Química (DEB/EQ), com o intuito de propor ações educativas que irão gerar um ambiente de trabalho mais salubre.

Para cumprir com os objetivos supracitados em um primeiro momento, realizou-se uma busca em meio eletrônico, onde foram pesquisadas Comissões Internas de Biossegurança (CIBio), disciplinas oferecidas em cursos de graduação e dissertações e teses relacionadas ao tema nos últimos anos.

Pôde ser observado que as CIBio via de regra se relacionam a organismos geneticamente modificados (OGM), sendo outros aspectos da Biossegurança postos em segundo plano e que na graduação e pós-graduação o tema é pouco recorrente, já que são poucas as disciplinas ofertadas na graduação, e o número de trabalhos de pós-graduação escasso.

Em um segundo momento uma pesquisa de campo foi realizada, através das visitas aos laboratórios do DEB/EQ, onde condições de Biossegurança foram avaliadas. No total nove laboratórios foram visitados. Nesses, foram respondidos dois questionários, e após as análises, foram feitos relatórios de análise de risco e mapas de risco. Ainda neste contexto, realizaram-se diagnósticos e foram propostas ações a fim de adequar os locais de trabalho às normas de segurança.

Após todas as análises concluiu-se que muito ainda deve ser feito, a fim de conscientizar professores e alunos da importância do tema. Tanto na UFRJ como nas outras Universidades pesquisadas a Biossegurança ocupa um papel pouco expressivo e na maior parte das vezes é relacionada à OGM, sendo esta porém apenas uma de suas vertentes. As disciplinas oferecidas nos cursos de graduação são em número insuficiente ou inexistem. Na pós-graduação da UFRJ também pode ser observado um baixo número de trabalhos. Em nível nacional, como já era esperado, este número é maior, porém a maior parte dos trabalhos é relacionado à legislação, não tendo sido objeto de estudo de usuários de laboratórios.

Na pesquisa de campo foi visto que nenhum dos nove laboratórios do DEB/EQ respeita integralmente as normas de Biossegurança, porém em muitos casos as mudanças que deveriam ocorrer são simples e dependem apenas da iniciativa de seus responsáveis e usuários. Ações maiores, como adequação do projeto arquitetônico, também podem ser necessárias em alguns locais visitados, porém apesar de mais difíceis de serem executadas são de vital importância para que a segurança plena seja atingida.