TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os novos alunos de Mestrado Acadêmico já podem completar seus dados. Pedimos aos outros que aguardem mais um pouco. (07/12/2016 15:50)
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2010

Avaliação da Influência do Níquel na Biorremediação de Solo Tropical multicontaminado com Hidrocarbonetos de Petróleo e na Estrutura de Comunidade Microbiana.

Autora: Natália Franco Taketani
Orientadoras: Selma Gomes Ferreira Leite, Cláudia Duarte da Cunha

Resumo

A atividade industrial petroquímica é responsável por grandes despejos de poluentes orgânicos e inorgânicos no ambiente, dentre os elementos inorgânicos podemos destacar o vanádio, arsênio, níquel entre outros que possuem uma característica de persistência no ambiente causando assim, o seu acúmulo. Há muitos estudos que mostram o efeito negativo de alguns desses elementos na degradação dos hidrocarbonetos, afetando diretamente os processos de biorremediação.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do níquel na biorremediação do óleo cru em solo multicontaminado e estudar as alterações na estrutura da comunidade microbiana. Para tal, foram realizados ensaios em microcosmos verificando a influência da concentração do metal, da concentração do óleo e do teor de umidade na remoção dos hidrocarbonetos totais de petróleo por um período de 67 dias.

Foi utilizado o planejamento fatorial completo (2³) (Design Expert - Stat Easy®) como ferramenta para análise estatística dos resultados das influências. O parâmetro resposta foi o percentual de remoção dos hidrocarbonetos totais de petróleo (HTP), quantificados por espectrofotometria no infravermelho (Infracal®).

Para o monitoramento das comunidades microbianas do solo foi realizada contagem de bactérias heterotróficas totais, bactérias degradadoras de óleo cru e a técnica de PCR-DGGE. Também foi feito um aumento para escala piloto em um reator com capacidade de 8 kg de solo, no qual foi simulado um processo de biorremediação de óleo cru (5% p/p) na presença de níquel (260 mg/kg). Os resultados obtidos de remoção de TPH indicam um atraso significativo na degradação do óleo na presença do metal, nos primeiros 15 dias de tratamento.

A umidade foi o fator de maior influência positiva nos experimentos por todo o período analisado. Ao final do tratamento (67 dias) o óleo passou a ser o parâmetro de maior influência negativa, demonstrando uma adaptabilidade da comunidade microbiana a presença do níquel. Em relação as contagens, seus perfis foram diretamente influenciados pela umidade. As análises dos Géis de DGGE indicaram que todos os tratamentos se diferenciaram entre si, exceto os tratamentos óleo (5%) com Ni (130mg/kg) e óleo (5%) com Ni (260mg/kg). Quando comparamos os marcadores moleculares entre si, a maior parte demonstrou um comportamento distinto entre si, apenas o marcador para γ-proteobactéria em relação a Actinobacteria e a Bacteria demonstrou similaridade significativa.

Pode-se concluir portanto, que o níquel promoveu uma alteração direta nos perfis da comunidade e um comportamento distinto entre os diferentes marcadores usados, porém o grupo das γ-proteobacterias provavelmente teve uma maior relação com as alterações, inclusive por possuir grupos importantes que participam desses processos, como as Pseudomonas.