EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
English Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: O termo de compromisso é só para o aluno que é bolsista. Quem não é bolsista, não precisa preencher o termo de compromisso. O prazo para completá-lo encerra em 02/08/2020.
Atenção: Os candidatos selecionados no Processo Seletivo DSc 2021/2 devem usar os mesmos CPF e Senha da inscrição no Processo Seletivo. Caso tenha esquecido, peça "Lembrar Senha" na tarja azul clara no topo desta tela.
Acessando a aba Registro de Matrícula, é necessário o preenchimento das seguintes subopções: Dados Pessoais, Contato, Documentação e Formação.
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação - Fundamentos e Aplicações
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Hidrogênio e Células a Combustível
  17. Inovação - O Combustível do Futuro
  18. Integração Refino-Petroquímica - Tendências e Impactos
  19. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  20. Métodos Numéricos para Engenheiros Químicos - Algoritmos e Aplicações
  21. Microbiologia Industrial - vol. 1: Bioprocessos
  22. Microbiologia Industrial - vol. 2: Alimentos
  23. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  24. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  25. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo - Aplicações em MatLab
  26. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing - From Fundamentals to Exergy Analysis
  27. Offshore Processing of CO2-Rich Natural Gas with Supersonic Separator - Multiphase Sound Speed, CO2 Freeze-Out and HYSYS Implementation
  28. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  29. Oportunidades em Medicamentos Genéricos - A Indústria Farmacêutica Brasileira
  30. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural no Brasil e no Mundo
  31. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  32. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  33. Potencialidades do Cajueiro - Caracterização Tecnológica e Aplicação
  34. Processos Inorgânicos
  35. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  36. Reúso de Água em Processos Químicos - Modelo Integrado para Gerenciamento Sustentável
  37. Setores da Indústria Química Orgânica
  38. Sustainable Catalysis for Biorefineries
  39. Technology Roadmap
  40. Tecnologia do Hidrogênio
  41. Tecnologia Enzimática
  42. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  43. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  44. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2010

Avaliação da Influência do Níquel na Biorremediação de Solo Tropical multicontaminado com Hidrocarbonetos de Petróleo e na Estrutura de Comunidade Microbiana.

Autora: Natália Franco Taketani
Orientadoras: Selma Gomes Ferreira Leite, Cláudia Duarte da Cunha

Resumo

A atividade industrial petroquímica é responsável por grandes despejos de poluentes orgânicos e inorgânicos no ambiente, dentre os elementos inorgânicos podemos destacar o vanádio, arsênio, níquel entre outros que possuem uma característica de persistência no ambiente causando assim, o seu acúmulo. Há muitos estudos que mostram o efeito negativo de alguns desses elementos na degradação dos hidrocarbonetos, afetando diretamente os processos de biorremediação.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do níquel na biorremediação do óleo cru em solo multicontaminado e estudar as alterações na estrutura da comunidade microbiana. Para tal, foram realizados ensaios em microcosmos verificando a influência da concentração do metal, da concentração do óleo e do teor de umidade na remoção dos hidrocarbonetos totais de petróleo por um período de 67 dias.

Foi utilizado o planejamento fatorial completo (2³) (Design Expert - Stat Easy®) como ferramenta para análise estatística dos resultados das influências. O parâmetro resposta foi o percentual de remoção dos hidrocarbonetos totais de petróleo (HTP), quantificados por espectrofotometria no infravermelho (Infracal®).

Para o monitoramento das comunidades microbianas do solo foi realizada contagem de bactérias heterotróficas totais, bactérias degradadoras de óleo cru e a técnica de PCR-DGGE. Também foi feito um aumento para escala piloto em um reator com capacidade de 8 kg de solo, no qual foi simulado um processo de biorremediação de óleo cru (5% p/p) na presença de níquel (260 mg/kg). Os resultados obtidos de remoção de TPH indicam um atraso significativo na degradação do óleo na presença do metal, nos primeiros 15 dias de tratamento.

A umidade foi o fator de maior influência positiva nos experimentos por todo o período analisado. Ao final do tratamento (67 dias) o óleo passou a ser o parâmetro de maior influência negativa, demonstrando uma adaptabilidade da comunidade microbiana a presença do níquel. Em relação as contagens, seus perfis foram diretamente influenciados pela umidade. As análises dos Géis de DGGE indicaram que todos os tratamentos se diferenciaram entre si, exceto os tratamentos óleo (5%) com Ni (130mg/kg) e óleo (5%) com Ni (260mg/kg). Quando comparamos os marcadores moleculares entre si, a maior parte demonstrou um comportamento distinto entre si, apenas o marcador para γ-proteobactéria em relação a Actinobacteria e a Bacteria demonstrou similaridade significativa.

Pode-se concluir portanto, que o níquel promoveu uma alteração direta nos perfis da comunidade e um comportamento distinto entre os diferentes marcadores usados, porém o grupo das γ-proteobacterias provavelmente teve uma maior relação com as alterações, inclusive por possuir grupos importantes que participam desses processos, como as Pseudomonas.






Apoio Institucional e Financeiro



O EPQB agradece o apoio recebido da CAPES
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

                   


   
Inscrições para mestrado acadêmico até 24/06/2021
Inscrições para mestrado profissional até 28/07/2021
Inscrições para doutorado até 25/06/2021