EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os Candidatos aprovados para as turmas 2018/1 tanto de Mestrado quanto de Doutorado, que ainda não completaram seus dados, devem acessar a Intranet do EPQB para completar o cadastro, no período de 10/01/2018 a 17/01/2018. Só precisa preencher a opção Registro de Matrícula, subopções Dados Pessoais, Contato e Documentação.
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2009

Influência do Tensoativo Biológico (Ramnolipídio) Comercial na Biolixiviação de Minério Primário de Cobre

Autora: Débora Monteiro de Oliveira
Orientadores: Eliana Flávia Camporese Sérvulo, Luis Gonzaga Santos Sobral

Resumo

As bactérias Acidithiobacillus ferrooxidans, Acidithiobacillus thiooxidans e Leptospirillum ferrooxidans foram testadas quanto à capacidade de promover a biolixiviação dos sulfetos minerais presentes em uma amostra de minério primário de cobre em sistemas contendo o tensoativo biológico de nome comercial JBR 210.

Preliminarmente, foram realizados experimentos para verificar a toxicidade do tensoativo aos cultivos nos quais os microorganismos cresceram em meio suplementado com o referido agente. Após verificar que até 100 mg/L de tensoativo não ocorreu inibição do crescimento microbiano, foram realizados experimentos de biolixiviação em frascos agitados baseados em um planejamento fatorial completo 22 com ponto central.

Nesses experimentos verificou-se que a concentração de tensoativo e a densidade celular influenciam a extração de cobre pelos microorganismos estudados. A fim de definir a concentração adequada de tensoativo, foram realizados novos experimentos para 5, 10 e 20 mg/L, em função da tendência definida no planejamento experimental. Nessa etapa, os parâmetros que influenciam no processo de biolixiviação foram monitorados, tais como pH, potencial de oxi-redução e concentração das espécies iônicas de ferro. O maior percentual de extração de cobre, determinado pela quantificação desse metal na fase líquida do sistema reacional, foi 64,6%, alcançado após 28 dias de processo em meio suplementado com 5 mg/L de tensoativo.

Adicionalmente, foram realizadas medidas de potencial da calcopirita para averiguar o comportamento superficial desse mineral quando em contato com a lixívia ácida contendo íons Cu2+, Fe2+ e Fe3+ na presença de tensoativo nas concentrações: 0, 5, 10, 20, 50 e 100 mg/L. Foi observado que em 5 mg/L o tensoativo torna a superfície da calcopirita mais hidrofílica e, consequentemente, mais susceptível ao ataque oxidativo. Entretanto, o aumento gradativo das concentrações do tensoativo acarretou o mascaramento dos sítios ativos da calcopirita promovendo decréscimos na extração de cobre.