TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Atenção: Os novos alunos de Mestrado Acadêmico já podem completar seus dados. Pedimos aos outros que aguardem mais um pouco. (07/12/2016 15:50)
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2011

Uma Metodologia de Avaliação de Catalisadores de Hidrogenação de Gasolina de Pirólise.

Autora: Rafaella Magliano Balbi de Faria.
Orientadores: José Luiz de Medeiros, Ofélia de Queiroz Fernandes Araújo
Laboratório: H2CIN

Resumo

Este estudo fez parte de um projeto em que foram gerados dados de conversão em experimentos de hidrogenação para o primeiro estágio de hidrotratamento da gasolina de pirólise. Tais dados foram subsequentemente tratados visando ao desenvolvimento de uma metodologia para avaliação de desempenho de catalisadores para esse estágio. As reações foram conduzidas em Planta Laboratorial de Hidroconversão de PYGAS (PHP) cedida em comodato pela BRASKEM-UNIB-CAMAÇARI e instalada no laboratório H2CIN da Escola de Química da UFRJ.

Cinco catalisadores comerciais à base de paládio (0,3 %w/w) em alumina (Al2O3) como suporte foram utilizados. Foram testadas quatro condições de reação por catalisador estudado, correspondendo a dois níveis de temperatura (65 e 75°C) do banho de pré-aquecimento do reator e a dois níveis de velocidade espacial LHSV (6,67 e 7,73 h-1) de carga líquida.

Um Modelo Dinâmico de Experimento em Fluxo (MEF) foi desenvolvido para a PHP, a fim de gerar, também, subsídio para a análise comparativa de catalisadores. A partir desse modelo, os parâmetros cinéticos foram estimados utilizando os dados experimentais de cada corrida. Observou-se que todos os catalisadores testados (A, B, C, D e E) são, em essência, produtos muito parecidos em termos de desempenho de hidrogenação da PYGAS. Todos garantiram bons patamares de conversão. Há pequena diferença de desempenho entre eles, que faz com que os catalisadores C, D e E apresentem melhores resultados. Em maior detalhe, observou-se que o catalisador E apresenta o melhor desempenho do grupo.