TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos TPQB - Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ TPQB - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.

FAQ

Processo Seletivo
Inscrição
I.1. Quando posso me inscrever?
O Mestrado acadêmico possui duas entradas anuais (março e setembro), cujos processos seletivos são abertos normalmente em Setembro do ano anterior e Junho do mesmo ano, respectivamente.
I.2. Como faço para me inscrever?
A inscrição é feita online por meio do site tpqb.eq.ufrj.br, onde o candidato preenche os dados de seu curriculum vitae em um formulário online. O prazo para entrega da documentação comprobatória dos dados declarados online é estipulado pelo calendário letivo vigente.
I.3. Quem pode se inscrever?
Podem concorrer às vagas de Mestrado, candidatos formados em cursos de graduação de Engenharia Química, Engenharia de Bioprocessos, Engenharia de Alimentos, Química Industrial ou áreas afins. Podem concorrer às vagas de Doutorado, candidatos formados em cursos de Mestrado (Acadêmico ou Profissional) em áreas afins às áreas temáticas oferecidas do TPQB.
I.4. Quais os comprovantes exigidos para o Índice de Graduação?
São exigidos o Diploma e o Histórico Escolar, emitidos pelo seu curso de graduação de origem.
I.5. Estou aguardando o meu diploma ser emitido. Posso me inscrever sem ele?
No ato da entrega da documentação, são aceitas declarações de colação de grau emitidas pela coordenação do curso de graduação de origem. O prazo para entrega do diploma de graduação/mestrado é definido pelo Programa e a não comprovação dentro do prazo estipulado elimina automaticamente o candidato, independente de ele ter sido considerado previamente apto.
I.6. Estou finalizando o curso de graduação e o início do período letivo do TPQB será após a minha colação de grau. Posso me inscrever assim mesmo?
Candidatos ao Mestrado com integralização de mais de 90% do curso podem se inscrever no processo seletivo, sendo aceitas declarações de condição acadêmica emitidas pela coordenação do curso de graduação de origem. O prazo para entrega do diploma de graduação/mestrado é definido pelo Programa e a não comprovação dentro do prazo estipulado elimina automaticamente o candidato, independente de ele ter sido considerado previamente apto.
I.7. O que é CRA?
O CRA é uma nota calculada a partir dos créditos obtidos pelo aluno em função de suas respectivas notas ao longo do seu curso de Graduação/Mestrado de origem e é apresentado, normalmente, ao final do histórico escolar. O TPQB considera os CRAs (Coeficiente de Rendimento Acumulado) do aluno conforme os valores máximo padrão definidos pela UFRJ (CRA de Graduação: 0,0 a 10,0; CRA de Mestrado: 0,0 a 3,0).
I.8. O meu CRA de graduação não varia de 0 a 10. Como preencho este valor no formulário?
Alguns cursos de graduação atribuem ao CRA uma nota máxima diferente de 10,0. Neste caso, o CRA do candidato obtido a partir do seu curso de origem deve ser recalculado para atender à faixa de 0 a 10.
I.9. O meu CRA de mestrado não varia de 0 a 3. Como preencho este valor no formulário?
Alguns cursos de mestrado atribuem ao CRA uma nota máxima diferente de 3. Neste caso, o CRA do candidato obtido a partir do seu curso de origem deve ser recalculado para atender à faixa de 0 a 10.
I.10. O meu CRA não é um número, mas sim um conceito. Como preencho este valor no formulário?
Alguns cursos atribuem ao CRA um conceito (Ex. A, B, C...). Neste caso, o candidato deve consultar o TPQB para obter informações do procedimento a adotar na hora de preencher o formulário de inscrição.
I.11. Como comprovo a nota de ENADE do meu curso de origem?
A nota do ENADE adotada na sua pontuação corresponde à última nota obtida pelo seu curso de graduação de origem. Não é necessário comprová-la, pois as notas são fornecidas diretamente pelo Ministério da Educação e Cultura (e-MEC).
I.12. Como calculo o Número de Períodos Cursados (NPC)?
O Número de Períodos Cursados é contabilizado através do Histórico Escolar. Todos os períodos são contabilizados, desde o ingresso o curso até a sua colação de grau, incluindo os períodos de estágio, participação em programas de intercâmbio, apresentação de Monografias ou Trabalho de Conclusão de Curso.
I.13. Como contabilizar o Número de Períodos Cursados (NPC)?
O NPC é calculado a partir do histórico do candidato, onde encontram-se relacionados todos os períodos letivos e as respectivas matérias cursadas em cada um.
I.14. No meu Histórico Escolar é apresentado apenas os CR individual de cada período e não o CRA final. Como preencho este valor no formulário?
Históricos Escolares mais antigos não apresentavam o cálculo do CRA. Se o seu CRA não aparece no histórico, você deve recalculá-lo a partir da seguinte fórmula: [ (Nota da disciplina)* (Número de Créditos da disciplina) ]/ (Número Total de Créditos cursados ao final do curso).
I.15. Durante a minha graduação eu fiz estágio. Isso conta como Experiência Profissional (EP)?
Não. Conforme determinação do colegiado interno do TPQB, estágios não são considerados atividades profissionais e não são contabilizados como Experiência Profissional.
I.16. Participei de vários congressos nacionais e internacionais. No entanto, na ocasião, não tive a oportunidade de apresentar trabalhos. Isso conta na pontuação de Trabalho Publicados?
Não. Conforme determinação do colegiado interno do TPQB, a participação em congressos não é contabilizada durante o processo seletivo.
I.17. Não consigo encontrar a documentação que comprove uma das minhas atividades. Se eu declará-la no formulário, ela será contabilizada?
Não. Conforme determinação do colegiado interno do TPQB, dados declarados no formulário online que não venham a ser comprovados na etapa de Entrega de Documentação não são considerados.
I.18. Durante a minha graduação eu participei em Jornadas Internas de Iniciação Científica na minha instituição de origem. Isso conta como Trabalhos Publicados (TP)?
Não. Conforme determinação do colegiado interno do TPQB, resumos ou trabalhos completos apresentados em Jornadas de Iniciação Científica internas não são contabilizados no indicador TP. No entanto, estes documentos servem para comprovar 12 meses de atividades de Iniciação Científica por jornada anual no indicador EP.
I.19. Durante a minha graduação eu apresentei trabalhos em encontros técnicos internos, na minha instituição de origem. Isso conta como Trabalhos Publicados (TP)?
Não. Conforme determinação do colegiado interno do TPQB, resumos ou trabalhos completos apresentados em encontros internos de graduação ou de pós-graduação na própria instituição de origem não são contabilizados no indicador TP.
I.20. Durante a minha graduação eu apresentei trabalho em Congressos Estudantis. Isso conta como Trabalhos Publicados (TP)?
Não. Conforme determinação do colegiado interno do TPQB, resumos ou trabalhos completos apresentados em Congressos Estudantis não são contabilizados no indicador TP.
I.21. Inseri meus dados básicos, mas não tive tempo de preencher corretamente o formulário online. Se eu entregar a documentação comprobatória, a minha inscrição será analisada corretamente?
Não. Conforme determinação do colegiado interno do TPQB, a comissão de seleção vai conferir apenas os dados preenchidos no formulário online. O sistema não permite adicionar informações após o término das inscrições.
Seleção
S.1. O processo seletivo é baseado em quais critérios?
Durante a inscrição, o candidato deve preencher os dados solicitados no formulário de inscrição que são utilizados para o cálculo dos indicadores de afinidade, estipulados pelo TPQB: IG (Índice de Graduação); IM (Índice de Mestrado, apenas para candidatos ao DSc); TP (Trabalhos Publicados); EP (Experiência Profissional). Cada um destes índices satura em 10.
S.2. Como funciona a nota de corte?
A nota de corte para eliminação de candidatos é definida a cada processo seletivo por uma comissão, em função do número de candidatos inscritos e do número de vagas abertas na chamada do Edital. #Palavras-chave: Seleção; MSc; MP; DSc.
S.3. O que significa o Indicador IG?
O indicador IG (Índice de Graduação) é calculado com base no CRA (Coeficiente de Rendimento Acumulado) obtido ao final do curso de graduação do candidato, no ENADE do curso (obtido através da base de dados do MEC), na relação NPC/NPT (relação entre o Número de Períodos Cursados e o Número de Períodos Letivos Teóricos do curso), além de um Fator de Afinidade do curso de origem com os cursos oferecidos pelo TPQB (f). A correlação para cálculo do IG, que satura em 10, e os valores do Fator f são definidos em reuniões internas do colegiado do TPQB e são apresentados no Edital.
S.4. O que significa o Indicador IM?
O indicador IM (Índice de Mestrado) é utilizado apenas para candidatos ao DSc e é calculado com base no CRA (Coeficiente de Rendimento Acumulado) obtido ao final do curso de mestrado do candidato, no Conceito CAPES do curso (obtido através da base de dados da CAPES), no Número de Períodos Cursados, além de um Fator de Afinidade do curso de origem com os cursos oferecidos pelo TPQB (f). A correlação para cálculo do IM ,que satura em 10, e os valores do Fator fm são definidos em reuniões internas do colegiado do TPQB e são apresentados no Edital.
S.5. O que significa o Indicador TP?
O indicador TP (Trabalhos Publicados) é calculado com base no número de publicações, trabalhos e resumos apresentados em congresso do candidato. São considerados: publicações em revistas com conceito Qualis A1, A2, B1, B2, B3, B4, B5 e revistas sem conceito Qualis; Patentes concedidas e Livros publicados; Capítulos de livro; Trabalhos completos e Resumos apresentados em congresso nacional ou internacional. Os respectivos pesos ponderados utilizados no cálculo final de TP, que satura em 10, determinam a prioridade de cada trabalho para o curso TPQB, são definidos em reuniões internas do colegiado e são apresentados no Edital.
S.6. O que significa o Indicador EP?
O indicador EP (Experiência Profissional) é calculado com base no número de meses em que o candidato exerceu atividades profissionais em relação ao número de meses desde a entrada do candidato no seu curso de graduação de origem até a data da inscrição no processo seletivo do TPQB. Neste indicador são consideradas as atividades profissionais do candidato exercidas durante a graduação (Iniciação Científica; Monitoria; Atividades técnicas de Nível Médio) e após a graduação (Atividades em Institutos de Pesquisa; Experiência em Docência em Nivel Médio ou Superior; Consultorias em Empresas; Atividades técnicas de Nível Superior). Neste indicador, são considerados ainda os Cursos Lato Sensu cursados pelo candidato em áreas afins, com número de horas superior a 360 horas. A correlação para cálculo do EP, que satura em 10, é definida em reuniões internas do colegiado do TPQB e são apresentados no Edital.
Entrega da Documentação
D.1. Como posso comprovar que publiquei artigos em periódicos?
Para comprovar um artigo publicado em periódico é necessário anexar uma cópia do trabalho completo à documentação comprobatória, entregue na secretaria do TPQB.
D.2. Como posso comprovar que apresentei trabalhos em congressos?
Para comprovar a apresentação de um trabalho ou resumo em um congresso , é necessário anexar uma cópia do trabalho completo ou do resumo à documentação comprobatória, entregue na secretaria do TPQB.
D.3. Como posso comprovar que publiquei um livro?
Para comprovar a publicação de um capítulo de livro é necessário anexar uma cópia da capa, contracapa e da página do copyright do livro (onde aparece o número ISBN da publicação) à documentação comprobatória, entregue na secretaria do TPQB.
D.4. Publiquei um capítulo em um livro, em conjunto com outros autores. No entanto, o meu nome não aparece na página de copyright, apenas na página inicial do capítulo. Como posso comprovar esta publicação?
Para comprovar a publicação de um capítulo de livro é necessário anexar uma cópia da capa e da contracapa do livro, da página de copyright e da página de índice analítico da publicação à documentação comprobatória, entregue na secretaria do TPQB. Se o seu nome aparece somente na primeira página do capítulo, inclua ainda uma cópia da primeira página do capítulo de sua autoria.
D.5. Participei em projetos de Iniciação (PIBIC, PIBID, PIBIEX) como aluno voluntário, sem o recebimento de bolsa. Como posso comprovar esta Experiência Profissional?
Independente do recebimento de bolsa remunerada ou não, para comprovar a participação em projetos de pesquisa como aluno de Iniciação Científica e/ou Iniciação à Docência, é necessário anexar à documentação comprobatória uma carta do seu orientador na época, discriminando as atividades desenvolvidas, o nome do projeto e o período em que foram desenvolvidas as atividades.
D.6. Durante a minha graduação. participei como monitor de disciplinas. Como posso comprovar esta Experiência Profissional?
Independente do recebimento de bolsa remunerada ou não, para comprovar a participação como monitor de disciplinas, é necessário anexar uma cópia do histórico escolar onde aparece a monitoria citada ou uma carta do seu orientador na época, discriminando as atividades desenvolvidas, o nome da disciplina e o período em que foram desenvolvidas as atividades de monitoria.
Sobre Disciplinas
D.1) Como fazer inscrições em disciplinas?
Siga as instruções do Manual para Inscrições em Disciplinas (PDF)
Obs: Se você for aluno de Doutorado, faça a busca de disciplinas sem o filtro de nível. Para "Pesquisa de Tese", busque por código e, em nível, selecione "Doutorado". Caso ainda assim, a disciplina não seja encontrada, por favor, entre em contato com a Secretaria do TPQB.
Obs: Sempre verifique seu Histórico Escolar antes de tentar fazer inclusão de disciplinas. Caso haja algum período sem nota lançada, peça a seu orientador que envie os graus à Secretaria. Após o lançamento, tente fazer as inscrições novamente.
D.2) Onde encontro o quadro de disciplinas do TPQB?
D.3) Onde encontro as ementas, programas e referências bibliográficas das disciplinas do TPQB?
D.4) Perdi o período de inscrição, como posso fazer as inscrições?
Use o período de alteração de inscrições no SIGA/portal do aluno UFRJ.
Consulte o prazo correto no Calendário Acadêmico:
Obs: Sempre verifique seu Histórico Escolar antes de tentar fazer inclusão de disciplinas. Caso haja algum período sem nota lançada, peça a seu orientador que envie os graus à Secretaria. Após o lançamento, tente fazer as inscrições novamente.
D.5) Fiz a inscrição em disciplinas, mas agora preciso remover algumas delas. Como faço?
Você tem três opções:
  1. Pode tentar excluir a disciplina ainda no período de inscrições;
  2. No período de trancamento (vide calendário acadêmico), fazer o trancamento da disciplina pelo SIGA/Portal do Aluno UFRJ;
  3. Abrir um processo de trancamento de trancamento usando um requerimento específico:
    Para mais informações sobre abertura de processo:
Obs: Caso as opções 1 e 2 não funcionem, você poderá usar a 3ª opção em qualquer momento.
D.6) Ao fazer a Inscrição em Disciplinas, notei que as disciplinas estavam em horários diferentes dos divulgados no Site do TPQB. Quais são os horários corretos?
Caso uma disciplina no SIGA esteja com horário e/ou sala diferentes dos listados no quadro, desconsidere-os. Os horários corretos sempre estão no Quadro de Horários:
Obs: Às vezes, a Secretaria é obrigada a cadastrar disciplinas no SIGA em horários errados para que o sistema aceite o cadastro da disciplina.
D.7) Fiz a inscrição e disciplinas, mas recebi uma mensagem afirmando que fui removido da turma. Como posso proceder para continuar nela?
Não há critérios para alocação de alunos nas turmas, portanto não há prioridade para nenhum tipo de aluno conseguir vaga em uma disciplina. O sistema escolhe aleatoriamente quem fica dentro de uma turma quando ela está lotada. Todas as turmas são alocadas com o maior número possível de vagas. Portanto, em caso de Turma Lotada, procure o professor responsável pela disciplina e saiba se você poderá cursá-la, mesmo fora da pauta. Se isto for possível, no final do período, o professor deverá enviar o grau para a secretaria para que haja o aproveitamento da disciplina. Assim, mesmo que sua inscrição na disciplina esteja "cancelada" pelo SIGA, no período de lançamento de notas ela será reativada.
D.8) Sou aluno externo e desejo me inscrever nas disciplinas do TPQB, Como faço?
Inscrição de Alunos Externos somente com apresentação de solicitação emitida pelo curso do aluno, pedindo a inscrição na disciplina. Esta deve conter os seguintes dados:
  • Identificação do aluno, seu DRE e curso de origem.
  • Dados da disciplina:
    • código da disciplina;
    • nome da disciplina;
    • carga horária;
    • número de créditos.
D.9) Como posso fazer inscrição em disciplinas externas ao TPQB?
Você deverá solicitar à Secretaria do TPQB o pedido de inscrição informando:
  • código da disciplina;
  • nome da disciplina;
  • carga horária;
  • número de créditos;
  • professor responsável;
  • curso de origem.
Depois, precisará entregar este pedido na secretaria do curso onde a disciplina será ministrada.
D.10) Fiz uma disciplina externa ao TPQB. Como posso incluí-la em meu Histórico como Disciplina Eletiva (aproveitamento de disciplinas externas)?
No final do período, você deverá trazer a declaração do curso de origem informando o grau obtido e os seguintes dados da disciplina cursada:
  • código da disciplina;
  • nome da disciplina;
  • carga horária;
  • número de créditos;
  • professor responsável com SIAPE;
  • curso de origem.
Obs: Todo aluno tem o direito de fazer, no máximo, 1/3 da carga horária das disciplinas a cursar (ver artigos 54 e 55 do regulamento) por meio de disciplinas externas. No caso do Mestrado Acadêmico e Profissional, apenas 2 disciplinas externas.
Obs: Alunos de Doutorado não têm disciplinas eletivas, portanto toda disciplina em seu plano didático é disciplina obrigatória. O aluno de Doutorado tem direito a fazer 1 disciplina externa desde que esta já esteja previamente listada em seu plano didático.
D.11) Fiz uma disciplina externa ao TPQB. Como posso incluí-la em meu Histórico como disciplina Obrigatória (equivalência de disciplinas externas)?
É preciso abrir um processo de Equivalência de Disciplinas a fim de fazer o aproveitamento e a substituição. Segue o disposto nos artigos 54 e 55 do regulamento.

Use o requerimento específico disponível em: Para mais informações sobre abertura de processo:
Obs: Todo aluno tem o direito de fazer, no máximo, 1/3 da carga horária das disciplinas a cursar (ver artigos 54 e 55 do regulamento) por meio de disciplinas externas. No caso do Mestrado Acadêmico e Profissional, apenas 2 disciplinas externas.
D.12) Já tive uma matrícula anterior no TPQB e gostaria de aproveitar as disciplinas que já fiz. Como posso fazer?
É preciso abrir um processo de Equivalência de Disciplinas a fim de fazer o aproveitamento e a substituição.

Use o requerimento específico disponível em: Para mais informações sobre abertura de processo:
Obs: Conforme o regulamento, ex-alunos do TPQB poderão ter até 50% de aproveitamento.
Artigo 54 - Os alunos de Mestrado poderão solicitar à Coordenação do Programa, através do seu Orientador Acadêmico, a transferência de carga horária em nível equivalente, obtida em outros cursos de pós-graduação, em número nunca superior a um terço do total da carga horária em disciplinas exigidas para a obtenção do título de Mestrado.

Artigo 55 - Os alunos de Doutorado, no seu plano didático poderão incluir carga horária a ser obtida em outros cursos de pós-graduação, em número nunca superior a um terço do total da carga horária a ser cursada segundo o referido plano. ×
Sobre Matrícula
M.1) Minha matrícula aparece como cancelada/abandono no SIGA, mas não abandonei o curso. Como posso corrigir isso?
Geralmente, os cancelamentos automáticos gerados pelo SIGA se devem à falta de inscrição em disciplinas ou falta de lançamento de graus pelos professores em períodos anteriores.

Então, sempre veja seu Histórico escolar antes de tentar fazer inclusão de disciplinas. Caso haja algum período sem nota lançada, peça a seu orientador que envie os graus à secretaria. Após o lançamento dos mesmos no SIGA, tente fazer as inscrições novamente se você ainda estiver no período de inscrição. Caso o período de inscrição já tenha passado, o período atual só poderá ser corrigido com o lançamento do grau, no final do período.
M.2) Como faço para CANCELAR minha matrícula?
Preencha o devido formulário disponível em: e entregue-o na Secretaria do curso para solicitar o cancelamento.
Obs: Segundo o regulamento do Programa, o aluno cancelado pode ser rematriculado (desde que aprovado em novo processo seletivo) somente após 1 ano da data de cancelamento da matrícula. O período de cancelamento fica registrado no histórico escolar do aluno.
M.3) Como faço para TRANCAR minha matrícula?
Abra o devido processo com o requerimento encontrado na página:
Obs: O período de trancamento NÃO suspende a contagem de tempo para conclusão de curso.
Obs: Em caso de motivo de saúde ou gestação, o aluno poderá solicitar Trancamento Especial (em que o tempo para conclusão de curso não é descontado), por meio de abertura de processo com o devido requerimento.